Direção Musical 

Maestro Miguel Madaleno 

MM_Site_Foto.jpg

Jovem maestro de orquestra, estabelece a sua liderança musical como um meio para estimular a boa sensibilidade de todos os intervenientes e contribuir para um mundo melhor.

 

Em Portugal, como Director Artístico e Musical da Orquestra Nova de Guitarras desde 2006, ele destacou esta orquestra enquanto referência cultural, sendo agraciada em 2010, nas celebrações do Centenário da República Portuguesa, pelo Presidente da República. Como professor de música, líder em projetos pedagógicos, contribui para o aumento notável de estudantes de música, não com o objetivo principal de promover mais profissionais de música, mas sim de criar melhores públicos e transmitir todos os benefícios da música. O seu trabalho, a sua liderança e a sua filosofia muito carismática, tornaram-no um dos escolhidos para em 2013, revitalizar a Orquestra Philarmónica de Lisboa, a mais antiga orquestra portu-guesa, fundada em 1937. Com um projeto sólido, essa orquestra foi prosperando e restabelecendo-se no panorama musical em Portugal.

Ele tem sido uma inspiração para muitos jovens, bem como uma referência aos agentes da cultura, recebendo uma carta de honra pública, do seu município. Em agosto de 2017, foi premiado em Espanha, como ‘International 2017 Silver Baton’ no International Orchestra Conducting Contest. 

Nascido em 1983, em Montemor-o-Novo, começou os seus estudosmusicais aos nove anos em guitarra, com o professor Mário Martins. Com 11 anos de idade, começou os estu-dos de trompete, embora a guitarra fosse o instrumento de escolha natural na sua carreira profissional. Estudou Pedagogia Musical com o pedagogo belga Jos Wuytack, formou-se na Escola Superior de Educação e Escola Superior de Música de Lisboa, seguindo-se a Licenciatura e pós-graduação em Direção Musical, na Escola de Maestro Francisco Navarro Lara em Espanha e Associated Board of the Royal Schools of Music, sob a orientação do Maestro Navarro Lara. É também pro-fessor de instrumento e educação musical, bem como o fundador e mentor de diversos projetos musicais, com especial ênfase na Orquestra Nova de Guitarras, onde começou o seu caminho como maestro. Desde 2013, como maestro convidado e Diretor Musical, atuou em Croácia, Luxemburgo, Espanha e Estônia. Retornou à Croácia em Julho de 2016 como convidado para se juntar à equipa de professores no Music Camp e liderar a sua principal Orquestra.

 

Na segunda metade de 2016, ele foi um dos cinco maestros escolhidos pelo compositor e pianista espanhol Juan António Simarro, para a estreia da sinfonia para um mundo melhor, atual hino universal da UNESCO. Em Outubro de 2016, retornou ao Luxemburgo para dirigir a Luxembourg Philharmonia Orchestra, a convite do maestro dinamarquês Martin Elmquist, onde apresentou o trabalho do compositor português Luís Freitas de Branco, a Suite Alentejana n.1, aos membros da família deste compositor, recebendo honras da embaixada portuguesa local. No verão de 2017, participou no Festival Internacional de Música de Alion Baltic, como maestro principal a convite do seu Fundador e Diretor Artístico, Michael Bulychev-Okser.

Em 2018 foi Diretor Artístico e Musical do FIONG - Festival Internacional Orquestra Nova de Guitarras, onde contou com a participação dos LAGQ - Los Angeles Guitar Quartet.